Category Archive Novidades

PRODUTOS ORGÂNICOS NA PRODUÇÃO EM CAMPO

Aos produtores e agroindustrias do setor da Fruticultura, acompanhe a evolução dos produtos orgânicos na produção em Campo e na Agroindustria para contar com a ASTN no crescimento dessa atividade, com demanda crescente no Agronegócio Brasileiro.

 

 

PRODUTORES DE ALAGOAS (CANAL DO SERTÃO)

Agricultores do Estado de Alagoas, conhecedores do Canal do SERTÃO e tem interesse em adotar modelos e formas de aproximação com perímetros irrigados, utilize a ASTN em seus endereços deste site para absorver esse conhecimento.

ENERGIA SOLAR

Aos produtores ou empresários da Agroindústria interessados em conhecer a “Energia Solar”, também conhecida como Energia Limpa, utilize o endereço de contato com a ASTN, aonde receberão as principais instruções e colaborações para influir na decisão da opção pela Energia Solar.

Uso do Agrotóxicos

Cada exploração da Cultura Agrícola dentro da Fruticultura, tem o seu pacote tecnológico, recomendado pelos órgãos de Assistência Técnica, aonde se encontra a utilização de produtos de combate a pragas e doenças, chamadas de agrotóxicos, ou pesticidas. É necessário o monitoramento dessas necessidades de uso requerido dentro da Fruticultura para o Ministério da Agricultura, reconhecer o produto utilizado, por ser fundamental para assegurar a produtividade das Lavouras.

Cooperativas Financeiras

Aos interessados no sistema Cooperativa e desejam conhecer a criação e objetivos da Cooperativa Financeira regulamentada pelo Banco Central, entre em contato com a ASTN (Associação das Indústrias Processadora de Frutos Tropicais) pelos e-mails www.astn.org.br / etelio@astn.org.br, ou telefone: 3023-1166. Sua consulta será esclarecida nas providencias a serem recondadas.

BRASIL EXPORTA COCO VERDE COM PELÍCULA BIODEGRADÁVEL PARA PORTUGAL.

A partir de junho deste ano, cerca de 500 mil unidades de coco verde, produzidos no Vale do São Francisco, em Petrolina (PE) serão exportadas para Portugal. O produto contém um revestimento comestível, desenvolvido pela Embrapa Agroindústria de Alimentos, que pode prolongar em até quatro vezes a vida útil do coco. O uso desta película biodegradável mantém as características nutricionais do coco natural e a água dentro dele sem alteração de cor ou sabor. Segundo a Embrapa, esta tecnologia pode ser aplicada para outras frutas, como melão mamão, manga, melancia e goiaba. Com vida útil superior a 40 dias, o coco com a película já é encontrado em São Paulo e outros estados.

Fonte: Revista da Fruta

Defensivos na Agricultura Familiar

Para os agricultores que adotam a Fruticultura em caráter familiar e precisam manter sua produtividade em campo, utilizando alguns defensivos indispensáveis à produção; devem procurar a ASTN para aprovar junto ao MAPA e ANVISA os produtos recomendados pela orientação técnica.

Animais de Criação na Agricultura Familiar

O Fruticultor precisa conhecer os animais de criação na agricultura familiar que podem consorciar à exploração frutícola.

Procure a ASTN para responder a essa possibilidade.

CENSO AGRÍCOLA DO BRASIL

O último CENSO Agrícola do país revela redução de famílias de agricultores no campo, alto índice de desinformação tecnológica e por isso, a ASTN convida o fruticultor do país a ingressar no quadro de sócios da Associação aonde pode encontrar várias consultorias de amparo à Fruticultura, trazendo maior e melhor produtividade das culturas.

Produção da Amora.

Descubra uma nova fruta para o seu pomar. A Amora é utilizada como matéria-prima para geleia, polpas, sucos, licor e corante natural. Além disso, produz o casulo, de onde se extraí o fio de seda. Suas folhas são alternativas para bovinos e caprinos. A literatura considera a Amora através do fruto, anti-inflamatório, antioxidante, cicatrizante, minimiza a osteoporose e o colesterol alto.

São requisitos da Amoreira:

  • Temperatura entre 24 a 28°C;
  • Multiplicada via estaquia;
  • Adapta-se a vários tipos de solo; recusando o encharcamento.
  • Espaçamento 0,50 entre plantas e 1,50 entre linhas;
  • Adubação orgânica com fosfato;
  • Inicia a produção a partir de 1,5 anos.